• Prof. Carlos Pimenta

O Paradigma do Erro na Eficácia

Atualizado: há 5 dias


Uma das coisas que mais gosto muito no Systema – Arte Marcial Russa e talvez o que mais me atraia é que ela é inteligente. E não só isso, ela é democrática. Toda e qualquer pessoa tem os atributos e qualidades para praticá-la, não importa se é criança ou idoso. Sim, realmente todos podem praticá-la, cada um no seu ritmo e limitações, cada um tem e elabora seu próprio caminho, tem liberdade para agir e criar, mas... o caminho da maestria exige inteligência, liberdade e investimento. O que é Eficiência, Eficácia e erro? Eficiência – Do latim efficientia. fazer certo as coisas: relativo a atividades. Eficácia – Do latim efficacia. fazer as coisas certas, visa para resolução de problemas. Erro – Do latim error, que significa “falhar ou fazer algo errado.”, engano, equívoco, incorreto.

Como fazer para sair da Eficiência e ser Eficaz na Arte Marcial? Ser eficiente é bom e ajuda em muitos casos, mas para transcender de uma “Forma de Combate” (Eficiência) para uma Arte de Combate (Eficácia) existe o preço que a inteligência requer: atenção, esforço para ultrapassar o “mais” e transformá-lo em “melhor”, prática introspectiva e corporal, estudo, humildade para reconhecer e trabalhar seus limites, experimentação, entre outras.

Isso é facilmente transportado para qualquer coisa que você pretenda fazer, como por exemplo, na sua vida pessoal (um hobby novo) ou profissional (reorganizar sua carreira).

Porque o erro é importante no caminho da Eficácia? Pense comigo, um compêndio, mesmo bem elaborado de golpes, exige do praticante o acerto. A Arte entende, admite e convive com o caos. Errar faz parte do processo, tentar faz parte do processo, entender o que e quando funciona ou não faz parte do processo. E quanto mais tentar e falhar melhor! Mais conhecimento vai ter e mais próximo do seu melhor o praticante estará. Por isso falhar e seguir adiante, tentar de novo e de novo faz parte do processo. Atualmente nas empresas cerceia-se o erro, causando paralisia na iniciativa. Lições aprendidas com os erros é pouco praticada, principalmente de forma coletiva e sempre existe um “culpado”. De maneira nenhuma estou sendo leniente com o erro, mas como é encarado no processo. Falhar em coisas novas e desafiadoras é admissível, persistir errando na mesma coisa... um perigo.

Como vou ser eficaz sem errar? Não dá. Todo mundo trabalha para fazer o “certo”, mas quem falou que no processo de aprendizagem tem que “acertar” sempre? Principalmente na vida adulta. Não se aprende também com o que não deu certo? Pense, não foi assim que aprendemos da infância a andar? O erro não deve gerar frustração e sim aceitação, ajuste e correção de rota.

Como é o caminho da Eficácia na Arte Marcial Russa? Exige uma boa dose de humildade. Neste caminho o Systema não admite a negligência. Você pode fazer tudo, mas não de qualquer jeito. Não é porque uma coisa funciona em um contexto tem que funcionar em todos, mesmo que sejam parecidos. Mudaram as variáveis? Mude você também.

Neste processo somos todos aprendizes, e como aprendizes estamos em constante e incremental espiral de aprendizado. Quando retornamos ao mesmo tema, não somos mais os mesmos nem o conhecimento o é, ele estará ampliado e nós também! Simples assim. Como sei se estou melhorando? O resultado mostra se você sabe ou não sabe.

Mas onde entra a eficácia em tudo isso? A maioria das Artes Marciais trabalham com golpes (regras pré-formatadas) o Systema trabalha com conceitos (Pilares e conceitos). Variam quanto a metodologia, só isso. Quando se trabalha com Pilares a pessoa precisa desenvolver entre outros, a qualidade de autonomia mental, o que “de certa forma” o mercado convencionou chamar de pró atividade. Mas como ser pro ativo se a vida inteira você esteve inserido em um contexto de ensino rígido, em um modelo de trabalho herdado da Revolução Industrial - de “fazer-reconhecer” e cadeia de comando e controle? Há de se haver uma ruptura em que pilares e melhores práticas, baseadas na experimentação e certo grau de ousadia, fomentem a construção de um caminho individual, próprio de cada indivíduo, tendo este um papel de protagonista. É ter liberdade, sem medo, para pensar, adaptar, agir e reavaliar melhor. Todo mundo quer ser eficiente, e eficaz na sua arte marcial preferida, na sua vida profissional, no esporte ou em outra área. A busca da maestria é excelente e louvável só não esqueça que errar faz parte do processo e ajustar e perseverar é o que fará você ir além.

"A excelência o transforma em uma pessoa bem-sucedida, determinada, que sabe muito bem o que quer. O lugar onde você está hoje não é o seu ponto de chegada, mas o de partida rumo à realização de seu sonho". (Anônimo)

O maior erro que você pode cometer, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum.

(Elbert Hubbard)

Prof. Carlos Pimenta (Empresário, Hipnólogo Clinico especializado em Doenças e Dores Crônicas Emocionais, Acupunturista e Massoterapeuta, Instrutor Pleno de Systema - Arte Marcial Russa, Psicanalista)

## Acha que esta postagem pode ajudar alguém? Compartilhe. ##

*** Agende aula experimental como nosso convidado(a) ! *** Visite: www.espacofuncional.com.br ou ligue: (11) 3021-6769 http://www.espacofuncional.com.br/blog FanPage: www.facebook.com/espacofuncional.monicapimenta/ Instagram: espacofuncional E-mail: carlos.espacofuncional@gmail.com

#ArteMArcialRussa #Systema #BemEstareSaúde

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo